REPÚBLICA DA ATEIA território: bacia do Mediterrâneo; capital: Ibiza Malta pode ser um último reduto, a gente não se importa.

21.12.08

a propósito de paradoxos

ciência cristã (pronunciar como no brasiu)

20.12.08

comentários a rosa

"Em época de Natal, tempo de paz e de fraternidade, quero dirigir a todos os portugueses os meus votos de Feliz Natal, e que o Novo Ano possa trazer uma esperança renovada de mais progresso para todos. (correctíssima, o natal é um dia, por isso fácil na felicidade, ano é um tempo estendido e logo progresso é a palavra apropriada- nova redação?)
O Natal é um tempo dedicado à Família, cujo valor devemos enaltecer e preser var como espaço fundamental de afectos, de entre ajuda e de solidariedade, essenciais para a formação integral dos jovens e para o envelhecimento tranquilo dos mais idosos. (com família quererá dizer, pai, mãe, casalinho e avós paternos e maternos? ou alguma variação é aceite no conceito "família"?)
O Natal é também um tempo de solidariedade para com o próximo. (ah sim? e no resto do ano é só progresso?)
Solidariedade para com todos aqueles que sofrem na solidão ou na doença, mas também para com os que precisam de ânimo e de incentivo para prosseguir o caminho que os conduz aos objectivos por que anseiam e por que lutam. (tipo o casamento igualitário?)
Temos consciência de estarmos a atravessar tempos difíceis, mas também sabemos que, em Democracia, há sempre soluções para os problemas que temos de enfrentar. (pode-se sempre fazer uns seis meses de intervalo e resolve-se esta bagunça toda)
Temos que ter esperança em que será possível alcançar uma vida melhor para todos, temos
que confiar na nossa capacidade colectiva de prosseguir e de vencer. (colectiva assim como o psd, certamente)
Para isso, é necessário coragem e determinação, pôr de lado orgulhos inúteis e substituí-los por atitudes de humildade e compreensão para que se consiga concertar opiniões divergentes em nome do bem comum. (ah, claro, tipo como na assembleia municipal de Lisboa!)
É possível sonhar, mas com verdade e responsabilidade. (e sobretudo sem ironia)
É possível ousar trilhar caminhos alternativos que nos devolvam a confiança, essa trave mestra do êxito e do progresso solidário. (e sobretudo exteriorizá-los para que se saiba quais são)
Desejo-vos, sinceramente, um novo tempo de confiança e de esperança.
Desejo a todas as famílias portuguesas um Santo Natal e um Bom Ano de 2009. (santo, assim como obrigatóriamente católico?)"
mensagem de natal da manela, via entre as brumas

Rip Her To Shreds - Blondie

15.12.08

ideias fixas II

outro dia me tinha ocorrido o nome de pedro caldeira (corretor na bolsa de Lisboa nos anos 80 que em 89 fugiu para o e.u.a. depois de ter levantado um total de um milhão de contos em vários bancos) a propósito da crise económica e financeira.
a escala é outra mas o caso madoff na bolsa de nova iorque lembrou-me o caso que, dado ter ocorrido antes da democratização da internet, esta meio apagado.

muntadar al-zaidi, o mundo esta contigo

14.12.08

6.12.08

abaixo o natal, viva a recessão

bem sei que estarei numa posição confortável ao escrever estas singelas palavras sobre uma das efemérides mais odiosas nestes tempos. falo do natal e não estou desempregado, nem entalado num empréstimo habitação ou sobreendividado com créditos ao consumo.
depois de anos consecutivos de maluquice consumista, com bombardeamentos de anúncios e decorações de montras e ruas de gosto duvidoso, finalmente parece haver alguma contenção e relativização das comemorações do natal.
estou também "deslocalizado" o que me permite pelo segundo ano consecutivo escapar a esses dois dias peníveis em que não se consegue fazer mais nada a não ser empanturrar de comida e ver má televisão, em companhias que são as obrigatórias e não as desejadas.
a recessão este ano permite "descontos" (redução dos lucros nas vendas) em variados produtos, necessários ou não. pode-se então sentir que por um lado está tudo menos stressado com as compras (pelo menos até agora), menos trânsito e que a cativação do consumidor é feita a pensar nele e não no seu cartão de crédito.
termino, dizendo que não é só o mau tempo e o frio mas sobretudo o stress provocado que faz do natal a altura do ano em que eventualmente as pessoas estejam menos disponíveis para sexo. pode ser que este ano a coisa mude.

3.12.08

ronaldo vale muito mais depois de se saber que tem uma bola de ouro


63 ou 83 milhoes. fiquei sem perceber se depende do tamanho da bola.

27.11.08

ideias fixas

porque é que nos últimos tempos não me sai da cabeça o nome pedro caldeira?

p.s.: aqui está uma notícia com cerca de um ano no jornal de notícias que dirá algo sobre o interregno 1987-1992, ausente na wikipédia

26.11.08

a primeira dama

o melhor do mandato de aníbal cavaco tem sido o silêncio e discrição de maria cavaco.

24.11.08

expectativas frustradas

o abominável homem das neves hoje não falou de deus, do cristo-rei, da virgem maria, da decadência dos costumes nem do homosexualismo.

18.11.08

cavacolândia

estavam os amiguinhos todos numa alegre almoçarada, no clube luso-americano do comércio e do carcanhol, e ela sentiu-se à vontade. o vinho era bom, o repasto tinha sido farto e de excelente qualidade. depois, já na altura do café e do cognac, vieram os discursos. como estava numa das mesas de honra e todos aguardavam com expectativa as suas preciosas e raríssimas palavras, veio-lhe à memória uma frase batida: eu nunca me engano e raramente tenho dúvidas.
toda a gente sabe que as repúblicas romanas elegiam um imperador nas alturas difíceis...

12.11.08

Lobbi

no renas e veados fiquei a conhecer a fantástica campanha que a liga portuguesa contra a sida preparou pra este natal.
por pudor não embebo o vídeo mas ide ver ali até porque se podem deleitar com os comentários de auto-comiseração de uma instituição que insiste num caminho que se prova com números todos os dias estar errado.

9.11.08

gender bending

no the economist um artigo sobre genes, homosexualidade e de como a ciência também pode mostrar a irracionalidade da homofobia e dos medos dos machos latinos:

Genes that make some people gay make their brothers and sisters fecund

8.11.08

6.11.08

estamos todos muito mais descansados

Santana candidato a Lisboa

Antigo líder do PSD diz que «é para tentar dois mandatos»

war on terror

talvez agora ainda faça mais sentido que a expressão "war on terror" seja apenas um jogo de mesa
não que o terrorismo não tenha de ser combatido, mas não como argumento para atropelos ao direito internacional nem fazendo o jogo desses mesmos terroristas que é provocar o medo para condicionar opções políticas.

3.11.08

banho de cultura 2



... ou porque é que um forte investimento estatal em cultura nunca é dinheiro perdido...

jeff koons em versailles

banho de cultura 1



artistas contemporâneos chineses na saatchi gallery

27.10.08

21.10.08

...

14.10.08

o bolo



12.10.08

10.10.08

novas fronteiras

que tal, e para agradar a gregos e troianas, passar a chamar as coisas pelos nomes. o casamento entre pessoas de sexo diferente passava a ser "casamento entre pessoas de sexo diferente que eventualmente poderão ter filhos", CEPSDQEPTF, o casamento entre pessoas fora de idade fértil (mulheres) seria "casamento entre pessoas de sexo diferente que dificilmente terão filhos naturais", CEPSDDTFN, o casamento entre pessoas de sexo igual que até poderão ter filhos (mulheres), CEPSIQAPTF, o casamento entre pessoas de sexo igual que não poderão ter filhos naturais dos dois elementos do casal, CEPSIQNPTFNDDEC.
já tou a ver toda a gente a usar as novas expressões:
-olha vou fazer um CEPS
- ah sim?, um CEPSD ou um CEPSI?
- bem, na verdade um CEPSDDTFN porque tive de remover o útero há dois anos.

Boomp3.com

9.10.08

assim não

-o facto do casamento não ser acessível a pessoas do mesmo sexo é uma injustiça?
P.S.: é
-então e é também inconstitucional?
P.S.: é
-então é a favor do casamento de pessoas do mesmo sexo?
P.S.:sim, sou
-e vai votar contra dois projecto de lei que resolveriam essa injustiça e inconstitucionalidade?
P.S.:sim porque não é a altura
-então e isso não é manter uma situação injusta e inconstitucional?
P.S.:não, é não fazer o jogo da oposição de esquerda porque na verdade a sociedade não está preparada e é fazer o jogo do P.S. porque as propostas nesta altura representam um maniqueísmo.
-então e não é maniqueísta perder uma oportunidade na assembleia da república de pôr a lei em conformidade com a vossa opinião e com a constituição que foi aprovada por vós?
P.S.:não porque não estava no programa.

mais aqui e aqui

6.10.08

sociedade civil online

já está online o programa sociedade civil de dia 6 de outubro que tem como tema o casamento civil para pessoas do mesmo sexo.

P.S.1: o argumento biológico- os elementos de cada sociedade contribuem de maneira diferente para o desenvolvimento da mesma. se não for com os seus genes (que não é impossível nem carece de médicos no caso de homosexuais) é com o seu trabalho, com o seu pensamento e com a sua "interferência" na forma como a sua sociedade progride. pode ser, por exemplo, o de proporcionar a novos elementos da sociedade que acontece serem homosexuais crescerem sem medos e sem constragimentos.

P.S.2: o argumento tradição - apetece-me parafrasear um anúncio de televisão "a tradição já não é o que era", e dado não estarmos a falar de casamento religioso posso autolinkar. não sendo um contrato estritamente patrimonial, a nova tradição é sobretudo a do casamento dado o relacionamento amoroso.

P.S.3: na verdade tudo isto é inútil quando de um lado se discute com argumentos racionais e pensados e do outro com ideias de moral e tradição. do que eu menos gostei foi de ver os intervenientes contra o casamento para casais do mesmo sexo passarem o tempo todo a tentar nãos resvalar para o preconceito absoluto. de mau gosto foi ver o mário crespo fazer apreciações sobre a qualidade genética dos seus interlocutores.

3.10.08

parlamento dia 10 de outubro

"Para o parlamento no dia 10 de Outubro, meus caros, para, no momento em que se confirme a rejeição dos projectos-lei, quem assiste nas galerias se levante e fique de costas para os deputados que discriminam parte dos cidadãos que representam.

Se não estamos na agenda política da maioria dos deputados, então eles não estão na nossa agenda; se acham que não é oportuno cumprir o imperativo constitucional da nossa igualdade, então nós não achamos oportuno reconhecê-los como nossos representantes. Viremos-lhes as costas em silêncio, sem bandeiras e sem cartazes, tão indiferentes a eles como eles a nós!

Fica a proposta para quem estiver em Lisboa e quiser segui-la."

proposta do Helicóptero no WAT

19.9.08

a questão do momento

a educação sexual dada por Sara Palin (e marido) à filha foi ou não baseada no abstencionismo sexual?

17.9.08

da natureza do casamento

a propósito de alguns comentários neste post da Fuckitall gostaria de desenvolver algumas ideias sobre a natureza do casamento.
partindo do presuposto de que o casamento é exclusivamente entre homem e mulher, e/ou vice-versa, e com vista à procriação, chamo a atenção para situações de desigualdade efectiva, assumidas pelos cidadãos que beneficiam de um estatuto em tudo igual.
aqui estão elas e aceito mais sugestões, sempre entre sujeitos humanóides:
-golpe do baú
-ups, engravidei, temos de casar
-vou ter de arranjar uma russa porque sou tão feio tão feio.../tenho de me casar com um americano qualquer que esta vida aqui não dá pros custos deste corpinho que deus me deu
-olha, não sabia o que havia de fazer da vida, as pessoas casam-se a certa altura da vida não é?
-casar era a única forma que tinha para melhorar o meu nível de vida
-foi um bom casamento, o meu cônjuge proporciona-me um bom nível de vida
-não podia ficar encalhado/a
-com a lista de casamento conseguimos equipar a casa toda e ainda passar umas férias magníficas
-sempre sonhei casar numa igreja com um enorme vestido branco tipo lady di
-para ficar neste país tinha de me casar

e etc.

15.9.08

o paradigma português

na leitura deste artigo depreende-se a naturalidade com que o autor assume a sua mediocridade. ao falar de génio, mais uma vez mistério assim como o da criação e das alucinações de fátima, o professor que tem almoços grátis, mostra o anacronismo da sua visão do mundo e a seu desconhecimento dos mecanismos da criação artística.
é natural, não é também uma surpresa, que toda aquela falta de imaginação só poderia originar um fanático religioso que só aceita dogmas e soluções infantilizadas sobre o mundo de hoje. os seus pares são os ayatolas do irão.
o paradigma é que de facto há almoços grátis, e a prova é um jornal nacional pagar para ter aqueles escritos.

31.8.08

hoje fiquei religioso

pub - renascido das cinzas do verão

não tendo dado pela ausência de actividade, talvez apenas uma redução da mesma, o caminhos da memória volta segunda-feira à actividade plena.imagem de Pedro Vieira

29.8.08

be a boy

8.8.08

Lá, fora do cavaquistão

eventualmente eram comunicações deste género que cavaco quer evitar.
agradecemos.
See more funny videos at Funny or Die

28.7.08

mais sobre escravatura moderna

eu acho indecente que uma estrela, um ídolo, um herói nacional, escravizado por uma empresa estrangeira (tantas vezes que acontece empresas aproveitarem-se da ignorância do emigrante) seja ainda para mais vigiado quando usufrui das suas férias em beverley hills.
não há alguem que diga a este escravo para ir ao consulado espanhol e denunciar estes abusos?

23.7.08

festival de pornografia amadora

é em seattle, no fim de outubro e toda a gente pode concorrer. só que é preciso entregar em mão...
(clicar na imagem)

10.7.08

pelo direito de guiar



a imagem parece inócua. uma mulher guia enquanto fala, mas na arábia saudita as mulheres não têm o direito de guiar. é o único país do mundo que tem uma lei assim.
mais sobre Wajeha Huwaider, a escritora e ativista no video.

escravatura moderna

também eu quero ser escravizado pelo meu empregador. dou chutos numa bola, bato com a cabeça na bola, podem até atirar-me a bola à cabeça. em inglaterra, espanha (também prefiro) ou itália.

26.6.08

quando a maionaise quebra (leia-se fractura)



há sempre uma primeira vez. embeber um video de uma emissão da fox...
o primeiro podia ser o AAA ou outro insurgente, o do meio (bernard goldberg) é concerteza um liberal mais esclarecido e a senhora foi atingida pela campanha.

entretanto mais sobre a campanha da heinz aqui.

10.6.08

o melhor de putogal

um exemplar de homem luso e que prima pela excelência


dedicado à maria e roubado ao miguel

8.6.08

lavoures femininos


para medeiros ferreira, a não prática de futebol (leia-se não embrutecer em frente a um televisor) significa feminilidade. male bonding, coisa de gajos e tal e tal; ou porque é que uma certa geração que está no poder político nos deixa presos a uma vivência pré libertação sexual.
não gosto de futebol, o cristiano ronaldo só de quatro, com cara tapada e mordaça na boca, e a aceitação do absurdo de dez estádios novos em 2004, os ordenados obscenos dos profissionais do futebol e a valorização da identidade nacional feita por uma monocultura desportiva tem limites.

12.4.08

crusha

31.3.08

contos de terror para crianças



no renas e veados, nesta, mais uma vez, claríssima análise das posições da igreja apercebi-me da capa da sábado da semana passada.
fiquei fixado no detalha na capa sobre uma edição de contos para crianças do nuno rogeiro. imagino terror, mentira, contos de fantasmas holocaustico-negacionistas em teerão, estratégias militares contadas às crianças e lembradas ao povo.

25.3.08

História e boas maneiras

cavaco silva prefere contar uma estória a falar de História.
em visita oficial a moçambique e confrontado sobre um eventual pedido de desculpas sobre o massacre de Wiriamu, diz que na História encontra-se sempre aspecto positivos e negativos. só gostava de saber qual o aspecto positivo da destruição de aldeias inteiras.

18.3.08

cinco anos depois...

ou porque é que eu preferia ter um avô na presidência em vez de um pai tirano.

13.3.08

a grande melanie philips

...fala do assunto da semana passada. o serviço de harry no afeganistão.

27.2.08

26.2.08

de volta à greta christina

Our society is fucked-up about sex. It creates rigid and irrational taboos on what kinds of sex are kosher and what kinds aren't. It fears and despises sex generally, and holds people who don't fear or despise sex in contempt.

... ou porque é que um motorista de autocarro faz um juízo de valor sobre uma demonstração de afecto.

sem dificuldade encontrei uma foto com a seguinte legenda num site de encontros:

"Mid 30s experienced sub. Experienced in domestic and sex duties mostly with older gentlemen and masters. Into uniforms and restraints, worshipping and serving my master with my body. Especially experienced as human furniture - foot stool - table - boot rack. Also public humiliation"


a moral dominante e o chamado senso comum andam muitas vezes longe da realidade, sobretudo quando se trata da vida privada. o rapaz que referi, terá família, amigos e um trabalho "respeitável", contribui para a sociedade como todos nós. eventualmente será aquilo que em inglês se diz "the boy next door", sexualmente fará aquilo que se chama fora da norma.
já alguma vez pensaram que os vossos pais, amigos , famílares, colegas de trabalho, aquelas pessoas absolutamente ponderadas, "um como os outros", eventualmente terá uma ou mais fantasias que não são aquelas às quais estamos habituados ou apreciamos. ou seja, terão fantasias diferentes das nossas e realizam-nas. porque não as poderão exprimir e falar delas?

prémio nobel da economia sobre o iraque

"Para dar a dimensão deste custo, Stiglitz explica que apenas um sexto da quantia seria suficiente para, por exemplo, resolver todos os problemas de seguridade social nos Estados Unidos pelos próximos 50 a 75 anos."

20.2.08

o rio em sua casa



apartamentos de luxo em zona ribeirinha - literalmente na bacia da ribeira de alcântara. tão perto do rio que só precisa descer à garagem para usufruir desta localização priveligiada.

17.2.08

"je ferai de mon mieux"

de fim de semana em paris deparo-me com a questão que anda na boca do mundo - de que forma fará ela o seu melhor?

outras frases giras de carla bruni-sarkozy:
"la politique suscite des pulsions primitives"
"je suis de culture italienne et je n'aimerais pas divorcer"

a primeira frase dá-nos a explicação para o seu romance e casamento, a segunda a razão para a continuação. mas a frase que animou este fim-de-semana foi mesmo o "farei o meu melhor" o que nos deu pano pra mangas a imaginar como ela o fará...
tudo aqui

7.2.08

prémios nóbeis

cada um com as suas embirrações pessoais. uma das minhas é o zé manel burroso. tão a vê-lo ali no canto superior direito da foto? agora é apontado como candidato a prémio nobel da paz. só a menção provoca-me arrepios, mesmo que seja apenas boato.

6.2.08

#

sem tempo para sodomias e ainda menos para conversas.
e porque não há machado que corte a raíz ao pensamento:

31.1.08

ijam

e para verem que é mesmo a sério: http://www.ijam.es/

27.1.08

17.1.08

um troiano atacou-me


um troiano particularmente virulento atacou-me por volta do ano novo, punição merecida por ter visto o cerca de 3/4 do filme 300 (ou seja, o 225) e ainda um natal muito herege.
ainda em recuperação volto à bloga com uma repostagem de música em versão alemã - que neste caso é muito mais gira.

Blog Archive

 
Site Meter